sexta-feira, 18 de abril de 2008

A Reflexologia no tratamento da Diabetes

A Diabetes é uma doença com múltiplas causas.
Num diabético, há um deficit da quantidade de insulina segregada pelo pâncreas ou uma alteração nos receptores de insulina das células, dificultando a passagem da glicose. Deste modo aumenta a concentração de glicose no sangue e na sua excreção pela urina.
Existem 2 tipos de diabetes mellitus. A tipo I ou diabetes mellitus insulino dependente, também chamada de diabetes juvenil porque afecta maioritariamente as crianças e os adolescentes e que se crê aparecer por um mecanismo auto-imune e a diabetes tipo II ou diabetes não insulino dependente, a diabetes do adulto, pois aparece em indivíduos adultos e a sua evolução é lenta. Muitas vezes não apresenta sintomatologia e o diagnóstico faz-se por observação do aumento dos níveis de açúcar no sangue e na urina.
Nos diabéticos tipo I há uma diminuição ou ausência da produção de insulina por parte do pâncreas. Nos diabéticos tipo II, a produção de insulina é normal ou mesmo alta, no entanto as células do organismo são resistentes à acção da insulina. Precisando que haja uma maior concentração de insulina para fazer o mesmo efeito que em pessoas não diabéticas.

Os principais sintomas da diabetes são:
- Aumento da sede
- Perca de peso
- Fadiga

Nos dois tipos de diabetes a presença de níveis elevados de açúcar de forma continuada durante anos é responsável por lesões nos rins, alterações ao nível da visão produzidas pela ruptura de pequenos vasos no interior dos olhos, alterações no aparelho circulatório, especialmente nas extremidades onde pode existir perda de sensibilidade e, em algumas ocasiões necrose, que pode levar à necessidade de amputação dessa mesma extremidade, alterações sensitivas por lesão do sistema nervoso.
Os diabéticos têm uma maior probabilidade de sofrer de doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais.

A Reflexologia e o diabético

Com a reflexologia estimula-se todo o sistema endócrino dando especial atenção ao pâncreas, trabalham-se também o fígado e os rins.
Se ao examinarmos o paciente este apresentar feridas nos pés a reflexologia deve ser feita nas mãos.

A Reflexologia quando aplicada regularmente, inicialmente em sessões semanais que se pretende passem a 1 sessão por mês permite controlar os valores da glicemia para valores mais perto do que é considerado normal. Muitos diabéticos acabam por baixar a dose de insulina diária que tomam enquanto outros deixam mesmo de necessitar de fazer anti-diabéticos orais.

Marque a sua sessão e controle a sua diabetes de forma saudável!

Sem comentários: