quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Crianças especiais, os Embaixadores da Paz

Resolvi fazer um artigo dedicado a este tema porque cada vez mais chegam até mim crianças especiais que são confundidas com crianças complicadas ou até mesmo quando mais velhos como crianças “perdidas”


Espero, de todo coração, que possa atingir a vossas almas, pois o futuro do planeta depende destas crianças, os Embaixadores da Paz.

Esta Nova Era de Aquário traz novas consciências ao planeta, com o fim de elevar a vibração do Todo, através de mudanças de arquétipos e valores. È uma transformação de base, estrutural e necessária, para passarmos a novos patamares físicos e espirituais.

Desde 1985 - aproximadamente - que tem vindo a chegar até à Terra um grupo de crianças especiais, mais evoluídas em todos os níveis.

Com a Convergência Harmónica ocorrida em 1987, abriu-se então um imenso portal evolutivo, este fluxo consolidou-se e a partir daí é crescente o número destas crianças entre nós.

Entretanto, até mesmo para romper posturas cristalizadas pela sociedade e aceitas como padrão, elas são diferentes: mais sensíveis, espiritualizadas, falam em seres de outros planetas, naves, sabem de coisas que não aprenderam, gostam de música, dança, teatro, terapias alternativas, meditação, etc.

Não é à toa, que tantas novas profissões estão a surgir tais como: musicoterapia, naturopatia e outras, bem como tratamentos tidos antes como alternativos.

Na maioria das vezes elas não se adaptam em escolas tradicionais e são estigmatizadas, vistas como portadoras de distúrbios comportamentais ou de aprendizagem. Estes seres têm uma noção de igualdade elevada e por vezes podem estar inseridos em famílias preconceituosas, ou então vêm com um conhecimento do Divino, claro e simples, mesmo quando incluídos em núcleos agnósticos ou dogmáticos.

Vocês que têm filhos, netos, sobrinhos, alunos; que conhecem filhos de amigos, percebam como este quadro vem aumentando. Cada vez é maior a procura por escolas que trabalhem mais individualmente as crianças, tanto que muitas escolas tradicionais estão a fechar. Por que? O que mudou?...

TUDO.

Eu tenho o privilégio de conviver com estas crianças, independente de minha vontade, pois elas são trazidas até mim, o que é uma honra e um enorme prazer.

Elas dependem de nós para terem espaço para se expressar e não cair na armadilha de antigos valores e dogmas ultrapassados. Eles não vieram aprender, mas sim ensinar. Infelizmente, podem nascer em núcleos que os tratam como viajantes lunáticos, ou crianças problema.

PRESTEM ATENÇÃO AO QUE DIZEM AS CRIANÇAS, SEJAM os SEUS FILHOS OU NÃO! DEIXEM-NAS FALAR... RESPEITEM O QUE DIZEM... E APRENDAM COM ELAS...

Não sei se o termo correcto é especiais ou espaciais, mas é preciso entender que estamos a viver uma Era muito especial dentro da evolução humana e planetária, onde tudo é possível, pois é a Era do Espírito Santo, a era do verdadeiro milagre: da mudança de nossas consciências e da ligação verdadeira com o nosso Eu superior, o que deveria ser a função das religiões.

Mas, quantos pais e educadores estão a interromper este processo sem terem a noção do mal que causam ao desenvolvimento espiritual dos seus filhos? Talvez eles próprios tenham sido bloqueados pelas mesmas razões na sua infância, e nem se lembrem mais... Sim, porque vieram seres antes destas crianças com a função de as ajudar dando-lhes suporte para as auxiliar a construir a Nova Terra. Porém, neste mundo materialista fica difícil lembrar e romper o véu de ilusões, sendo mais fácil seguir adiante com a grande massa robotizada.

Esta é a Era da abundância, do afloramento e refinamento dos poderes sensoriais, dos contactos com os seres de Luz. É finda a era do Karma, dos sacrifícios, da aprendizagem pela dor. Este mundo de provas e expiações cede lugar a um mundo regenerado pela luz do amor, onde os corpos serão mais subtis.

Actualmente, vivemos num mundo que se situa da 3ª para a 4ª dimensão e já estamos a um passo da 5ª, que deverá durar aproximadamente 1.000 anos e exigirá muita disciplina e auto vigilância. Portanto, é chegada a hora de treinarmos o não -julgamento, de limparmos as nossas mentes, desprogramando-as de todos os conceitos e dogmas que nos foram impostos, bem como retirar de nosso corpo emocional a mágoa, o medo, a raiva, as culpas ou os pensamentos que não reflictam a nossa condição real de filhos de Deus –
Seres de Luz - com a Missão Divina de servir ao Propósito Maior, agora numa nova fase dentro da espiral evolutiva.

Instale no seu cérebro ordens de comando para desprogramar o que for inútil, usando desde imagens mentais até palavras escolhidas por vocês, como por exemplo: “Inconstância”, (para anular pensamentos negativos). ”A Luz nunca falha” (para momentos de aflição), etc.

É o momento de se tornarem “co-criadores”, começando por criar as vossas próprias realidades.
O auto perdão é fundamental, como exemplificou Jesus ao dizer “Ama o próximo como a ti mesmo”... Ele diz-nos para perdoar, não para julgar.

AMAR não é simplesmente GOSTAR, pois a abrangência é muito maior, já que falamos em Amor Divino, incondicional...
E o nosso planeta precisa muito “deste” amor...

É necessário que o despertar destes seres se faça de dentro para fora para que possa fluir sem a contaminação de antigos valores.

A própria Unicef está a fazer um trabalho de integração, em que crianças portadoras de deficiências convivem com “as normais” em escolas, dentro da ideia de que todos aprendem com as diferenças. Porém, existe uma margem grande de crianças que não se enquadram nem como “normais” nem como “deficientes”; e que não conseguem seguir os padrões exigidos. As portadoras de deficiência têm escolas especializadas, mas e estas “diferentes”, cujo número cresce assustadoramente?

É preciso que pessoas das mais diversas áreas se unam ajudando com projectos concretos a modificar, aos poucos, a consciência dos diversos núcleos da sociedade, onde elas estiverem inseridas.

Ao abordar este tema, é necessário falarmos em inteligência emocional, que nos dias de hoje é aspecto primordial de avaliação na área de recursos humanos das empresas do primeiro mundo. O ser adulto que não teve o seu Q.E. (coeficiente de inteligência emocional) desenvolvido na infância, não aproveitará o seu Q.I. (coeficiente de inteligência) nem quantitativa nem qualitativamente.
Já o inverso é mais fácil de ocorrer.

É fundamental o papel consciente de pais e educadores para a formação de uma sociedade mais equilibrada e sadia.
O decreto que transcrevo a seguir é verdadeiro e foi escrito por um desses Embaixadores da Paz:

“Nós, as crianças de Luz, declaramos que as nossas almas estão livres de qualquer sofrimento humano e crenças que nos prendam ao passado, limitando os nossos passos. Reconhecemos dentro de nós que somos sementes de um novo mundo, promovendo a unicidade e crescimento dos espíritos da humanidade terrestre rumo à iluminação, honrando e respeitando todos os caminhos que agora são UM SÓ!

Declaramos que discerniremos toda a informação que nos for dada seguindo a nossa bússola interna, libertando-nos da necessidade de obedecer a regras ultrapassadas e desequilibradas.

Trabalharemos para reforçar a consciência humana como um todo e não mais individualmente, rasgando os véus da ilusão.

Nós, Sementes Estelares, Crianças de Luz, aplicaremos as leis universais em nossas próprias vidas para sermos exemplos vivos da Verdade.

Declaramos que a vida, a liberdade e a felicidade incluem necessariamente a independência das nossas almas em todos os níveis.

Declaramos que somos Amor Divino, transmutadores de emoções negativas em luz. Reconhecemos e assumimos que somos 100% responsáveis por nós mesmos, e através do nosso exemplo de sermos Deus em acção, outros perceberão que a felicidade consiste em reconhecer Deus dentro de si, iniciando os seus processos de autoconhecimento e evolução.

Cada uma de nós, Crianças da Luz, é parte do TODO: o que afecta um, afecta todos.

Não viemos para julgar, mas sim para compreender a liberdade de todas as almas.

Agora perdoamos toda a dor a nós causada no passado, pois só através do perdão estaremos livres.

Declaramos o nosso comprometimento em ajudar na evolução da humanidade terrestre para além da limitação espaço-tempo. Nenhuma consciência individual ou colectiva impedirá que realizemos a nossa missão, expressando o que realmente somos: Almas livres, partes da Fonte do TUDO QUE É, com o qual somos unos. Somos parte de uma Mente Universal.

ATRAVÉS DESTA DECLARAÇÃO, CADA UM DE NÓS EXPRESSA SUA CONDIÇÃO DE SER LIVRE!”

Que Deus nos ilumine para que possamos dar suporte, ouvir e aprender com esses Embaixadores da Paz!

P.S - Na elaboração deste artigo recorri a alguns artigos que encontrei nas minhas pesqueisas e estudos, a mioria deles não tinha autor, pelo que se alguma autor se revir no que aqui está escrito faça-mo saber pois o seu a seu Dono. Aqui espelha-se também um pouco do trabalho que venho a desenvolver com as crianças que chegam até mim.
Se tem um filho que acha ser especial e não sabe como lidar com isso não deixe de me contactar, terei todo o gosto em ajudar